BLOG - Prof. Vinicius

DICAS TANALOUSA – JOSÉ CARLOS LIBÂNEO

DICAS TANALOUSA – JOSÉ CARLOS LIBÂNEO

- por:

LIBÂNEO DESPENCA NAS PROVAS, não é?

Como saber mais❓❓❓

 

Libâneo é um pensador essencial para a educação brasileira, por isso conhecer sua obra é fundamental para todo concurseiro comprometido com sua aprovação.


Para Libâneo, “o processo didático se desenvolve mediante a ação recíproca dos componentes fundamentais do ensino: os objetivos da educação e da instrução, os conteúdos, o ensino, a aprendizagem, os métodos, as formas e meios de organização das condições da situação didática, a avaliação.” 💡(Libâneo, Didática, 2015).

 

Eu selecionei 8(oito) trechos do autor que representam muito bem sua obra e vão contribuir muito com seus estudos! Além disso, separei 3(três) questões para você ficar ligado!



1. “EDUCAÇÃO E SOCIEDADE”

O trabalho docente é parte integrante do processo educativo mais global pelo qual os membros da sociedade são preparados para a participação na vida social. A educação – ou seja, a prática educativa – é um fenômeno social e universal, sendo uma atividade humana necessária à existência e ao funcionamento de todas as sociedades.

(…) A educação não-intencional refere-se às influências do contexto social e do meio ambiente sobre os indivíduos.

(…) A educação intencional refere-se às influências em que há intenções e objetivos definidos conscientemente como é o caso da educação escolar e extra-escolar. Há uma intencionalidade, uma consciência por parte do educador quanto aos objetivos e tarefas que deve cumprir, sela ele o pai, o professor, ou os adultos em geral (…) “.

(…) A prática educativa, portanto, é parte integrante da dinâmica das relações sociais, das formas da organização social. Suas finalidades e processos são determinados por interesses antagônicos de classes sociais”.

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 17 , 20.


2. “EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL E EDUCAÇÃO FORMAL”

“São muitas as formas de educação intencional e, conforme o objetivo pretendido, variam os meios. Podemos falar da educação não-formal quando se trata de atividade educativa estruturada fora do sistema escolar convencional ( como é o caso de movimentos sociais organizados, dos meios de comunicação de massa, etc.) e da educação formal que se realiza nas escolas ou outras agências de instrução e educação( Igrejas, sindicatos, partidos, empresas) implicando ações de ensino com objetivos pedagógicos explícitos, sistematização, procedimentos didáticos.

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 18 , 21.


3. “ EDUCAÇÃO ESCOLAR”

A educação propriamente escolar se destaca entre as demais formas de educação intencional por ser suporte e requisito delas. Com efeito, é a escolarização básica que possibilita aos indivíduos aproveitar e interpretar, consciente e criticamente, outras influências educativas. É impossível, na sociedade atual, com o progresso dos conhecimentos científicos e técnicos, e com o peso cada vez maior de outras influências educativas ( mormente os meios de comunicação de massa) a participação efetiva dos indivíduos e grupos nas decisões que permeiam a sociedade sem a educação intencional e sistematizada provida pela educação escolar.”

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 18 .


4. “ AVALIAÇÃO”

A avaliação escolar cumpre pelo menos três funções: pedagógico-didática, de diagnóstico e de controle.

A função pedagógico didática se refere ao papel de avaliação no cumprimento dos objetivos gerais e específicos da educação escolar.

Ao se comprovar sistematicamente os resultados do processo de ensino, evidencia-se ou não o atendimento das finalidades sociais do ensino (…)

Cumprindo sua função didática, a avaliação contribui para assimilação e função, pois a correção dos erros cometidos possibilita o aprimoramento, a ampliação e o aprofundamento de conhecimentos e habilidades e, desta forma, o desenvolvimento das capacidades cognoscitivas.”

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 196. 

 

5. “AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA”

(…) A função de diagnóstico permite identificar progressos e dificuldades dos alunos e a atuação do professor que, por sua vez, determinam modificações do processo de ensino para melhor cumprir as exigências dos objetivos.

Na prática escolar cotidiana, a função de diagnóstico é mais importante porque é a que possibilita a avaliação do cumprimento da função pedagógico-didática e a que dá sentido pedagógico à função de controle”.

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 196.

 

6. “AVALIAÇÃO FORMATIVA”

A função de controle se refere aos meios e à frequência das verificações e de qualificação dos resultados escolares, possibilitando o diagnóstico das situações didáticas. Há um controle sistemático e contínuo que ocorre no processo de interação professor-alunos no decorrer das aulas, através de uma variedade de atividades, que permite ao professor observar como os alunos estão conduzindo-se na assimilação de conhecimentos e habilidades e no desenvolvimento de capacidades-mentais.”

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 197.

 

7. “PLANEJAMENTO”

O planejamento é um processo de racionalização, organização e coordenação da ação docente, articulando a atividade escolar e a problemática do contexto social. A escola, os professores e os alunos são integrantes da dinâmica das relações sociais: tudo o que acontece no meio escolar está atravessado por influências econômicas, políticas e culturais que caracterizam a sociedade de classes.”

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 222.

 

8. “PLANEJAMENTO”

” (…) A ação de planejar, portanto, não se reduz ao simples preenchimento de formulários para controle administrativo; é, antes, a atividade consciente de previsão das ações docentes fundamentadas em ações político-pedagógicas e tendo como referência permanente as situações didáticas concretas ( isto é, a problemática social, econômica, política e cultural que envolve a escola, os professores, os alunos, os pais, a comunidade, que interagem no processo de ensino).”

Libâneo, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1990. Pág. 222 .

 

CAIU NO CONCURSO!

01 – (IDHTEC) De acordo com Libâneo, a didática trata dos objetivos, condições e meios de realização do processo de ensino, unindo meios pedagógico-didáticos a objetivos sócio-políticos. Neste sentido,

A) Os conteúdos devem ser trabalhados de forma acrítica e inflexível para não intervir no produto.
B) O ensino deve ser planejado a partir de propósitos claros sobre a sua finalidade, tendo em vista que os alunos estão sendo preparados para viverem em sociedade.
C) As questões de ordem social sempre prevalecem sobre as de ordem pedagógica.
D) Os planejamentos indicam a necessidade de serem neutros e escolarizados.
E) Os estudantes são vistos enquanto seres passivos, daí porque a facilidade de aprendizagem.

 

02 – (VUNESP) De acordo com Libâneo (2013), o professor tem compromisso social e ético, e o trabalho docente é o seu primeiro compromisso com a sociedade. De acordo com o autor, a ética e o compromisso docente encerram várias perspectivas, que correspondem a uma postura de compromisso ético docente, voltando à transformação da sociedade. tais como:

A) promoção de condições para a adaptação do estudante à sua condição de origem social e econômica.

B) desenvolvimento, no aluno, de sentido crítico suficiente para que ele se envolva em disputas pelo seus interesses individuais.

C) promoção de conhecimentos que garantam ao aluno um mínimo necessário à sua sobrevivência.

D) atuação voltada à adaptação das crianças ao meio social, ajustando-as às regras familiares e sociais, para formação de um adulto equilibrado.

E) articulação dos conhecimentos sistematizados com as condições concretas de vida e de trabalho dos alunos, suas necessidades, interesses e lutas.

 

03 – ( PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO) José Carlos Libâneo, em seu livro Didática, declara: ” (…) A ação de planejar, portanto, não se reduz ao simples preenchimento de formulários para controle administrativo; é, antes, a atividade consciente de previsão das ações docentes(…)”

Nesse trecho, o autor destaca uma das características do planejamento pedagógico, que é:

A) a flexibilidade

B) a contextualidade

C) a intencionalidade

D) o rigor administrativo

 

Gabarito:

1 – B

2 – E

3 – C

 

Confira  3 ( três) vídeo aulas do livro ” Didática” de José Carlos Libâneo que vão te ajudar a compreender o pensamento do autor e gabaritar na prova!

Aula 01

Aula 02

Aula 03

 

Que tal iniciarmos uma JORNADA DE ESTUDOS SUPER COMPLETA agora? Comece a se preparar com o curso FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO PREMIUM!

CLIQUE AQUI e não deixe essa oportunidade passar!

 

Nos acompanhe no canal do YOUTUBE pois sempre temos novidade para você!

 

Vamos juntos!


#tanalousa #pedagogiaparaconcurso #pedagogia2021 #estudaqueavidamuda #estudaquepassa

#educação #professorasdoinstagram #pedagogiaconcurso #conhecimentospedagogicos #libâneo

#estudantedepedagogia #questaodeconcurso #questaopedagogia #pedagogas #professorasdobrasil #didática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat